AffonsoRitter.com.br
 
 
Última atualização às:
20:17 - 19/09/2020
Página principal com destaques Destaques
Confira todas as notícias Notícias
Confira nossa NewsLetter NewsLetter
Saiba quem é Affonso Ritter Quem é ?
Entre em contato Contato
Seção Empreendedores Empreendedores
Seção Amantes do Vinho Amantes do Vinho
Dicas de Links Dicas de links
 
BRDE
Pix Banrisul
GBOEX
Intelig?ncia em Tecnologia da Informa??
 
 
 
Arrecadação federal cai 28%

A arrecadação de impostos, contribuições e demais receitas do governo federal teve queda real de 28,95% em abril, a R$ 101,154 bilhões, pior dado para o mês da série histórica divulgada pela Receita Federal, com início em 2007, conforme dados divulgados nesta quinta-feira (21). Em abril de 2019, a arrecadação havia somado R$ 142,365 bilhões. Em função da crise com o coronavírus, o governo possibilitou o atraso no pagamento de uma série de tributos para dar alívio de caixa às empresas e famílias. Segundo a Receita, esse diferimento teve um impacto de R$ 35,111 bilhões nas contas de abril. A redução do IOF sobre as operações de crédito, outra medida tomada no âmbito do enfrentamento à crise, respondeu por uma diminuição de R$ 1,567 bilhão na arrecadação. Também houve um crescimento de 25,2% no volume de compensações tributárias em relação ao mesmo mês do ano passado, o que diminuiu a arrecadação em R$ 10,901 bilhões em abril. Desde março, as empresas já vinham lançando mão de compensações tributárias para preservarem seu fluxo de caixa antevendo as dificuldades à frente por conta da paralisação dos negócios. Segundo a Receita, considerando todo o período de vigência das medidas de diferimento adotadas, o impacto total na arrecadação será de R$ 119,328 bilhões.

Incluída em: 21/05/2020 - 17:46

VoltarVoltar

 
  15:16 - PIB trimestral do RS cai 13,7%
  10:04 - Desocupação sobe para 14,3%
  09:39 - Opção de aviões é pela carga
  09:34 - Infecções acima de 30 milhões
  20:16 - A reitoria de portas abertas
  20:08 - Mais pessoas passam fome
  20:03 - Restaurante terá mais 1 hora
  19:57 - O kit de vinhos da Avaliação
  19:52 - O dólar recua para R$ 5,232
  19:45 - Os servidores em home office