AffonsoRitter.com.br
 
 
Última atualização às:
10:32 - 26/05/2020
Página principal com destaques Destaques
Confira todas as notícias Notícias
Confira nossa NewsLetter NewsLetter
Saiba quem é Affonso Ritter Quem é ?
Entre em contato Contato
Seção Empreendedores Empreendedores
Seção Amantes do Vinho Amantes do Vinho
Dicas de Links Dicas de links
 
BRDE
Banrisul - Digital
GBOEX
Intelig?ncia em Tecnologia da Informa??
 
 
 
Um reforço ao isolamento

A confirmação, na madrugada desta quarta-feira (25), da primeira vítima do coronavírus em Porto Alegre, uma mulher de 91 anos, levou a Prefeitura a reforçar a importância da manutenção do isolamento social e editou, até o momento, 28 decretos para restringir a circulação e a aglomeração de pessoas. E tem para isso argumentos a mais de outras cidades. Porto Alegre é a capital brasileira com o maior percentual de idosos do Brasil: 15,04% da população, ou 211 mil pessoas, têm 60 anos ou mais, segundo o IBGE. A cidade também reúne, conforme o Ministério da Saúde (MS), o maior percentual de fumantes do país (14,4%), e ocupa, entre as capitais, a quarta posição em excesso de peso na população adulta (59,4%). Não à toa, 25,6% da população é hipertensa e 8%, diabética. Especialistas alertam que tanto o tabagismo quanto o excesso de peso são fatores de risco associados ao diabetes, à hipertensão e às doenças cardiovasculares e respiratórias. Somadas às neoplasias (tumores), estas doenças foram responsáveis por 39,9% dos óbitos ocorridos em Porto Alegre, em 2019, ou 7.133 mortes, segundo a chefe da Coordenação das Doenças Crônicas e Agravos não Transmissíveis da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Francilene Nunes Rainone.

Incluída em: 25/03/2020 - 18:45

VoltarVoltar

 
  21:50 - Mais 807 mortes em 24 horas
  19:27 - Reforma tributária em pauta
  19:17 - Bella Città reabre suas portas
  19:11 - Leite paga dívida herdada
  19:06 - Marcopolo fatura 2,3% mais
  18:55 - A TIM reabre lojas próprias
  18:45 - O auxílio chega a 59 milhões
  18:39 - Falta um plano de reabertura
  18:34 - Exame de Tóffoli dá negativo
  18:28 - A confiança do consumidor