AffonsoRitter.com.br
 
 
Última atualização às:
20:00 - 03/12/2020
Página principal com destaques Destaques
Confira todas as notícias Notícias
Confira nossa NewsLetter NewsLetter
Saiba quem é Affonso Ritter Quem é ?
Entre em contato Contato
Seção Empreendedores Empreendedores
Seção Amantes do Vinho Amantes do Vinho
Dicas de Links Dicas de links
 
BRDE
Banrisul - Consignado Digital
RS GOV BR Resolve
GBOEX
Intelig?ncia em Tecnologia da Informa??
 
 
Consumo de vinho cresce 26%

O brasileiro nunca tomou tanto vinho como em 2020. Entre janeiro e setembro deste ano, o consumo per capita teve um aumento histórico de quase uma garrafa: foram em média 2,68 litros consumidos por pessoa maior de 18 anos - crescimento de 26% ante igual período de 2019, que teve a marca de 2,13 litros. Os dados constam em estudo desenvolvido pela Ideal Consulting e revelam o bom momento do setor, que teve neste ano uma das melhores safras da história. Estes números animam o setor, que estará reunido com os principais players de mercado na Wine South America Edição Digital, que terá webinars sobre o mercado de vinhos do Brasil. Nos dias 3, 4 e 5 de novembro, das 19h às 21h, haverá transmissão através do canal no YouTube winesouthamerica. Entre os temas a serem abordados no Wine Summit estão mercado atual e perspectivas para 2021, as exportações e os terroirs do Brasil. Já estão confirmadas as presenças dos principais produtores, importadores, compradores, supermercadistas e dirigentes de entidades vitivinícolas do Brasil. O volume comercializado teve um salto de 37,2% de janeiro a setembro de 2020, conforme aponta estudo recém concluído pela Ideal Consulting. Passou de 265,3 milhões de litros de vinhos e espumantes em igual período de 2019 para 363,9 milhões de litros. Somente nos meses de junho e julho, a comercialização atingiu 60 milhões de litros e 63,4 milhões de litros no país, respectivamente - uma marca histórica. Performance similar foi alcançada em outubro de 2019, com a comercialização de 47,7 milhões de litros. O levantamento aponta ainda que o consumo de vinho de mesa nacional teve um incremento de 44%, e o do vinho fino nacional mais que dobrou - aumento de 106% no período. Já os importados tiveram um acréscimo de 22% nas vendas. Os tintos lideram a preferência dos consumidores, com 74%; seguido pelos vinhos brancos (19%) e pelos rosés (7%) - que já vêm ganhando espaço entre os consumidores e tiveram crescimento de 35% neste ano.

Incluída em: 22/10/2020 - 17:27

VoltarVoltar

 
  Mais exportações de vinhos
  Vendas e-commerce Miolo
  Vinícola Cristofoli Faria Lemos
  Vinícola Miolo na Black Friday
  A safra de uvas recua 18,2%
  Governo libera o Fundovitis
  O Almadén Moscatel Rosé
  Os vinhos dos Altos Montes
  Nove Ouros para a Garibaldi
  Empenho da direção da ABE